PEI-Programa de Enriquecimento Instrumental

PEI 2

O Pei 2 propõe um nível maior de complexidade que o primeiro nível do Programa, e é também direcionado para indivíduos alfabetizados, com desenvolvimento típico ou atípico, crianças ou adultos, e que já vivenciaram ou estão concluindo a experiência de aprendizagem mediada com o Pei 1. (saiba mais)

 

É o segundo nível do Pei Standard, e para realizar esta formação é pré-requisito ter formação no Pei 1. O Pei 2 é constituído pelos 7 últimos instrumentos do Pei Standard:

FOTO-PN

Progressões Numéricas

Propõe a inferência de relações lógicas, propondo um crescente grau de complexidade para a compreensão de regras que organizam e ditam o movimento de sequencias numéricas. Sugere a aprendizagem e generalização destas regras e a consequente analogia deste movimento para as relações implicadas na vida. Focado no desenvolvimento do raciocínio lógico-formal a partir do pensamento analógico, o instrumento desenvolve também a conduta somativa, percepção da totalidade dos fenômenos, orientação temporal, expansão do campo mental, projeção das relações virtuais, constância e permanência do objeto, dentre outras Funções Cognitivas.

FOTO-RTe

Orientação Temporal

Focado no desenvolvimento de noção de tempo, o instrumento desenvolve desde o repertório verbal e conceitual relacionado, até a função cognitiva específica de orientação temporal e internalização da habilidade de gestão, previsibilidade e organização do tempo. As atividades são apresentadas em modalidades diversas e apresentam relações entre a noção de tempo individual e histórico (coletivo), noção objetiva e subjetiva de organização e mensuração temporal, abordando ao longo do instrumento noções de sincronicidade, velocidade e transitividade entre a sensação e a ocorrência do tempo. Desenvolve Funções Cognitivas como presença de conceitos e vocabulário e seu uso adequado e preciso, orientação temporal, percepção e definição de problemas com clareza, raciocínio lógico, hipotético e inferencial, consideração de duas ou mais fontes de informação simultaneamente, etc.

FOTO-RF

Relações Familiares

Apesar do nome do instrumento, o objetivo deste material não está relacionado com demandas afetivas que constituem as relações familiares, mas sim com a compreensão de sistema hierárquicos de relações que podem ser compreendidos ora de forma horizontalizados e ora, verticalizados. Através de atividades com modalidade verbal intensiva e também com o uso de diagramas, o instrumento desenvolve a orientação temporal e espacial, consideração de duas ou mais fintes de informação simultaneamente, uso adequado de instrumentos verbais, a expansão do campo mental, percepção e definição de problemas, elaboração de hipóteses e inferências, comunicação descentralizada (não egocêntrica) etc., além de movimentar operações mentais complexas como o raciocínio transitivo, analógico e silogístico.

FOTO-INS

Instruções

Um dos instrumentos do Pei Standard com maior foco no desenvolvimento do repertório verbal e na comunicação clara e precisa através do uso adequado de conceitos. Através da descrição de formas geométricas que se inter-relacionam, com grau de complexidade crescente, o instrumento propõe o movimento de orientação espacial e temporal, percepção clara e precisa, consideração de muitas fontes de informação simultaneamente, comunicação descentralizada (não-egocêntrica), conduta somativa e de planejamento, interiorização do comportamento e fluência na comunicação de respostas (sem bloqueio), controle da impulsividade, entre outras funções cognitivas.

FOTO-RTr

Relações Transitivas

O instrumento promove o desenvolvimento do raciocínio lógico formal através de exercícios com modalidade verbal intensa e do uso de símbolos e códigos utilizados na linguagem matemática. Orientado também por conceitos temporais, o material propõe uma relação indireta com instrumentos anteriores como a Organização de Pontos e Percepção Analítica, atuando com Funções cognitivas semelhantes mas num maior nível de complexidade e abstração.

FOTO-Sil

Silogismos

Mais extenso instrumento do Pei Standard, utiliza a linguagem da teoria dos conjuntos para o desenvolvimento de operações mentais complexas implicadas no Raciocínio Silogístico. Movimenta no mediado a necessidade de busca de evidências lógicas para a formalização de um raciocínio relacional e pautado em inferências objetivas. Movimenta Funções Cognitivas de ampliação do campo mental, percepção clara e precisa, presença de vocabulários e conceitos apropriados, constância e permanência do objeto, consideração de duas ou mais fontes de informação simultaneamente, percepção da totalidade dos fenômenos entre outras.

FOTO-DP

Desenho de Padrões

Último e mais complexo instrumento do Pei Standard, geralmente aplicado no fim do Programa. Por isso, exige que o mediado movimente todas as estratégias cognitivas construídas ao longo do programa através da sobreposição, fragmentação e composição mental de figuras geométricas sólidas e irregulares. Com o auxílio de pranchas auxiliares que servem como referência, o instrumento propõe o exercício cognitivo em um nível alto de complexidade e abstração (sem auxilio de recursos concretos).

Ao final da formação no Pei 2, o mediador terá condições de:

Completar a Formação de PEI Standard;

Vivenciar a prática integral da Experiência de Aprendizagem Mediada com os 14 instrumentos do Pei Standard como alternativa para a educação cognitiva e o desenvolvimento dos indivíduos;

Revisar os aspectos fundamentais das teorias de Reuven Feuerstein;

Vivenciar os processos, tipos e critérios de mediação envolvidos no PEI 2;

Desenvolver de estratégias avançadas na gestão de suas práticas, dos processos de intervenção cognitiva, elaboração e execução de planos, programas ou projetos;

Integrar-se à comunidade de mediadores dos Instrumentos de PEI Standard em âmbito internacional podendo estabelecer uma nova relação com o mercado de trabalho;

Ampliar a habilidade de modificar as práticas pedagógicas.