Formação

Jogos Terapêuticos

Curso desenvolvido pela equipe do Instituto CBM com a intenção de apoiar a prática clínica e pedagógica de profissionais que fazem uso dos jogos na sua pratica terapêutica e educacional. A ideia é a elaboração dos Mapas Cognitivos de jogos utilizados em atividades de ensino e intervenção, segundo a proposta de Reuven Feuerstein, oportunizando caminhos para o desenvolvimento da Modificabilidade Cognitiva Estrutural também em atividades clínicas e educativas tradicionais.

FOTO-JT-01
FOTO---Formação---Jogos---Terapeuticos

O curso Jogos Terapêuticos é uma inovação do CBM que propõe a estruturação das chaves de mediação para os jogos, segundo critérios motivacionais e interacionais. Pensado para profissionais que atuam com o Pei – Programa de Enriquecimento Instrumental Standard ou Básico, Psicopedagogos, Psicólogos, Neuropsicólogos, Psicomotricistas, Fonoaudiólogos, Terapeutas Ocupacionais, Tutores, Especialistas em inclusão e adaptação curricular, Professores da educação básica e ensino superior e quaisquer profissionais da área de intervenção, reabilitação e educação que utilizem jogos como estratégia lúdica para o desenvolvimento da aprendizagem.

Mais do que o simples brincar, o uso dos jogos deve ser organizado, planejado, sistematizado, com foco objetivo em demandas clínicas e pedagógicas, e principalmente, propor transferências e transcendências com as dificuldades enfrentadas fora das cartas e tabuleiros.

FOTO-JT-03

Ao final da formação em Jogos Terapêuticos, o egresso poderá:

Conhecer ou Revisar a Teoria da Modificabilidade Estrutural Cognitiva e o Programa de Enriquecimento Instrumental – Pei de Reuven Feuerstein;

Conhecer ou Revisar a Teoria da Experiência de Aprendizagem e a Teoria da Avaliação Dinâmica do Potencial de Aprendizagem Mediada de Reuven Feuerstein;

Analisar criticamente sua atuação profissional nas áreas de desenvolvimento e aprendizagem;

Desenvolver a competência de Mediação da Aprendizagem para a promoção de ambientes modificantes;

Dominar a teoria e a prática do Mapa Cognitivo e associar esta ao uso de jogos pedagógicos e terapêuticos;

Conhecer ou Revisar os Critérios de mediação segundo Reuven Feuerstein;

Conhecer, Revisar e construir Chaves de Mediação e a estruturação de argumentos;

Desenvolver os processos de autoconhecimento e propor a aprendizagem da metacognição;